Equipe de Coordenação Pedagógica

Português Língua Estrangeira

Coordenadora Bianca Benini
 

BUY
NOW

A coordenação de Português como Língua Estrangeira (PLE) busca apresentar e discutir práticas educacionais, conhecimento científico na área, e, ainda, ampliar a divulgação dos materiais de ensino e aprendizado. Aqui tomamos como norte a importância da formação continuada do professor(a), a valorização e desenvolvimento das especificidades do ensino de PLE. 

 Português nos

Cursos Superiores

Coordenador Tiago Carvalho
 

Português Língua de Herança

Coordenadora Patricia Ribeiro
 

45540564_10213283975070727_2993208346904

Português Língua Estrangeira

   Coordenadora Bianca Benini

A coordenação de Português como Língua Estrangeira (PLE) busca apresentar e discutir práticas educacionais, conhecimento científico na área, e, ainda, ampliar a divulgação dos materiais de ensino e aprendizado. Aqui tomamos como norte a importância da formação continuada do professor(a), a valorização e desenvolvimento das especificidades do ensino de PLE. 

84881990_610306846429537_661068522959614

Português Língua de Herança

Coordenadora Patricia Ribeiro
 

30652219_2079968912043653_68752734858206

 Português nos Cursos Superiores

Coordenador Tiago Carvalho
 

A coordenação de Português como Língua de Herança (PLH) tem como principal objetivo oferecer suporte teórico, técnico e pedagógico para os professores que trabalham com o ensino de português para crianças em contexto de imigração e manutenção da língua-cultura herdada. A coordenação também se propõe a ser um espaço de troca de ideias e experiências para que os professores possam buscar juntos as melhores soluções para os seus desafios diários.

A coordenação de Português nos Cursos Superiores tem como principal objetivo a intermediação entre a oferta académica relacionada com a filologia portuguesa ministrada nas universidades da Finlândia, o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (doravante IC), e os professores que lecionam a língua portuguesa, em todas as suas ramificações, na grande panóplia de instituições de ensino do país. A coordenação também se propõe a providenciar espaços físicos e virtuais, mediante a disponibilidade da Universidade, para a formação de professores em várias áreas da prática letiva.